quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Teologia da Prosperidade - Poema Refutativo

Paz seja com todos!
Nosso amigo Eduardo de Paula Barreto, conhecido como o poetizador, é o autor deste poema que traz uma realidade a qual já tratamos em postagens anteriores. Leia e tire suas conclusões. Abraços.

Teologia da Prosperidade

As religiões estão diferentes
Antes se buscava por bens espirituais
Hoje aglomerações de crentes
Oram fervorosamente
Rogando por bens materiais.

Assim surgem os pastores
Que facilmente enriquecem
À custa de alheios labores
Interesseiros fiéis, líderes exploradores
Todos igualmente se merecem.

Ainda utilizam os mesmos altares
E a Bíblia que o mundo concebeu
Como cartilha para pregarem
Pedindo um centavo em troca de milhares
Os religiosos de hoje cultuam outro deus.

Eduardo de Paula Barreto
15/08/09

Visite o Site do Poetizador: www.poetizador.com

2 comentários:

Mery disse...

Oi,amigo.
Claro que gostei do lindo poema, uma realidade que vemos nos dias de hoje, Deus é o mesmo, sem ele nem respiramos, tudo Ele nos deu de graça, eu só peço Paz, pois sei que os bens materiais a gente consegue trabalhando.
MUITA COISA MUDOU,MAS DEUS, NÃO!
bjussss,obrigada pelo carinho.
Mery*

Simony disse...

oi prazer te conheci na página da Mery,estou te seguindo...daria para seguir me de volta?obrigado
http://simonebastos2007.blogspot.com/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
O trabalho Na Jornada pela Vida de Marcus Bittencourt foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.marcusbittencourt.com.