quinta-feira, 3 de novembro de 2011

O que faz a vida valer a pena

Paz seja com todos!
Em meados do século XVIII, o mundo passou por um processo de transformação socioeconômico, consolidando-se como modo de produção, o capitalismo.
O sistema capitalista que domina o mundo em pleno século XXI, faz do homem seu refém, numa busca alienada por dinheiro e bens materiais. Isto não seria prejudicial se este não esquecesse, que essa seria apenas a parte de um todo, no que diz respeito a vida. 
Perguntaram, uma vez, ao multimilionário John Rockefeller, que importância em dinheiro seria capaz de fazer uma pessoa feliz. Respondeu este sabiamente: "só um pouco mais". Mas infelizmente para muitos, a busca pelo bem estar, é baseada na politica de aquisição e consumo, nada mais.
Há coisas essenciais na vida que nenhum dinheiro no mundo pode substituir, um princípio chinês representa muito bem isto quando nos afirma; O dinheiro pode comprar uma casa, mas não um lar...O dinheiro pode comprar uma cama, mas não o sono...O dinheiro pode pagar um médico, mas não a saúde...O dinheiro pode comprar sexo, mas não o amor.
Tenho presenciado a invasão capitalista nas religiões modernas, substituindo valores espirituais que a algum tempo eram referência na vida de seus membros. As mensagens de sucesso pessoal, positivismo e uma certa "prosperidade", agora são o objetivo maior que a adoração a Deus e a doutrina da salvação. Esta massa resumiu a mensagem do evangelho a isto, e não podem ser discípulos do Cristo, que em sua passagem pela Terra não teve nem onde reclinar a cabeça.
A Bíblia nos diz; "Há quem se faça rico, não tendo nada. Há quem se faça pobre, possuindo grande riqueza", isto vem nos mostrar que dinheiro e bens não é o essencial.
Deixo claro a todos, que não estou fazendo aqui, nenhuma apologia a pobreza ou a ideias políticas de esquerda. O que quero passar é que existem valores dos quais estamos perdendo, sendo estes fundamentais para uma vida plena de felicidade e portanto fazendo-se necessário resgatá-los, como o temor a Deus, o amor ao próximo, a união em família, fidelidade nas amizades, o cultivo da paz, a honestidade e a honra pessoal, dentre outros.
Lembremo-nos então, de que ao findar a vida, não vai importar quantos bens adquirimos ou quanto dinheiro juntamos, mas sim o quanto aproveitamos do tempo que tivemos para sermos felizes.
O meu desejo para todos, é que possamos viver bem, tendo muito ou pouco dinheiro, contanto que tenhamos como viver e lembrar do que é essencial para fazer a vida valer a pena.
Um abraço.

Fonte imagem: http://padom.com.br/qual-e-o-sentido-da-vida/

3 comentários:

BIA disse...

Olá Marcus!!!

Que belo texto, muito inteligente e expressivo. Compartilho de cada palavra, são ótimas suas citações. Este capitalismo desenfreado e a perda dos valores está levando a uma sociedade doentia. Um dos seus texto que mais gostei. Parabéns!!!
Muito obrigada por suas palavras edificantes em meu blog levando luz para todos a sua volta. Bom fim de semana!!!
Um abraço
Bia:)

Antonio Batalha disse...

Amigo e irmão venho pedir a sua ajuda, pois meu blog voltou a excluir todos os seguidores, e se desejar manter sua participação no meu blog, agradecia que volta-se a seguir-me no meu blog. A Verdade Que Liberta.
De qualquer maneira obrigado, e um resto de boa semana.

Josiel Dias disse...

Olá Marcus Graça e Paz.
Como é bom encontrar blog assim com este seu. Uma beleza.
Aproveito a oportunidade para compartilhar o nosso Blog.
Mensagem Edificante para Alma. Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se nos seguir-nos.
Deus te abençoe ricamente.
Josiel Dias
Mensagem Edificante para Alma
http://josiel-dias.blogspot.com
Rio de Janeiro

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
O trabalho Na Jornada pela Vida de Marcus Bittencourt foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.marcusbittencourt.com.