terça-feira, 7 de maio de 2013

Quem perdeu com a morte do Matemático?


Me impressiona o fato de 1 ano após operação que resultou na morte deste perigoso bandido surgirem
questionamentos quanto as circunstâncias que a envolveram. Fico mais impressionado a cada dia que passa com o meu país, tão manchado com o seu "jeitinho brasileiro", aquele mesmo pelo qual os seus apreciadores fazem usufruto na intenção de quererem levar vantagem em tudo e não perder nada. Com isso me pergunto, quem saiu perdendo com a morte de Matemático? Talvez essa minha dúvida permaneça sem resposta, mas uma coisa sei, não foi o cidadão de bem cuja vida era ameaçada pela presença do individuo em questão. Alguém perdeu e muito, e aparentemente agora quer cobrar o prejuízo.
Questiona-se os recursos utilizados pela Policia, quando bem verdade é que todos os  possíveis devem ser utilizados no combate contra o tráfico de drogas sem sobretudo desprezar a segurança dos cidadãos, mas é fato inquestionável que a operação teve unicamente como resultado a morte do individuo ora citado sem perda de vidas inocentes. Porque então retornar esta historia com tanta repercussão? Porque querer influenciar a sociedade a fim de que seja contra a Policia?
A poucos dias nos EUA, dois jovens cometeram um atentado terrorista contra a vida de centenas de americanos, a Policia foi as ruas e fez o que era necessário para capturá-los resultando na morte de um e prisão do outro, o resultado foi uma moção de aplausos de pessoas que tiveram o seu direito de ir e vir cerceado por certo espaço de tempo e suas casas revistadas por beneficio comum a todos, Mas isso não é realidade aqui. Tentam fazer com que a Policia seja mal vista pela sociedade, enquanto eles em sua maioria gozam de suas imunidades diplomáticas, dominam grandes redes de comunicação, conhecem um e outro e são detentores do poder e da impunidade
Quem perdeu com a morte de Matemático?
A verdade é que a sujeira é muito grande debaixo do tapete. Praticamente é impossível a nós conhecermos o X da questão, sendo o Matemático na conta do tráfico apenas mais um, ou menos um.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
O trabalho Na Jornada pela Vida de Marcus Bittencourt foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em www.marcusbittencourt.com.